domingo, 23 de novembro de 2008

É pau, é pedra, é Lifeboats

Fala aew cambada!

Jogo novo hoje no Clã do Abade: Lifeboats.

Nosso amigo el Primoroso postou algo ali embaixo, portanto, leia lá pra saber mais do jogo cumpade! Tá me achando com cara de guia turistico?

Bom cabras, brincadeiras à parte, vamos ao que interessa. Começamos a jogatina de hoje numa boa, com o jogo Fronteira. Também já falamos dele aqui. Vitória para el Frígido, num momento em que ele demonstrou conhecer como funciona a rota do contrabando (no jogo galera, calma!).

Depois, começamos a jogatina com Lifeboats. Nosso amigo el Primoroso nos explicou como funcionava, e nos alertou: "Esse jogo irá gerar intrigas". E gerou.
Iniciamos então a partida. Até o momento, aquela coisa, ninguém sabe nada, ninguém tem tática, ninguém ainda pegou o andar da carruagem (não vou falar carroça porque é feio demais). E a coisa ferveu, depois da primeira rodada.

Não vou postar tudo aqui, até porque nem rola. Mas, vou deixar um pouco do que analisei do jogo.

É um jogo de Judas. Todo mundo quer ser amigo de todo mundo, mas, depois, quando menos se espera, o pau quebra e começam as trairagens. O objetivo maior é chegar com o maior número de naúfragos ("quero me encontratr, nesse lugar distante, onde eu possa navegar, por essas ondas inconstantes...." - banda R6, aqui de NH, ao fundo) nas ilhotas e vencer. Mas, é aí que vem o melhor: rola muita treta, muita conversa, muita trairagem e muito jogo de cumpade. As alianças estão fadadas a acabarem, sem dúvidas. "Um só ganha o jogo", como profetizou nosso amigo Teta, el Frigido.

Simbora galera!


Quem provou ser 'o advogado do Diabo' foi o Kinho, el Primoroso, sem dúvidas. Influenciou el Rabugento e el Avaro a fazerem alianças com ele. Bruninho, el Liso, foi o maior traira do jogo, fudendo as chances minhas de jogar - fui o primeiro a ser eliminado depois de um suicídio. Bruninho também rolou suicídio no final. Ambos votamos no nosso barco para afundar. Perdemos tanto tempo concentrados no jogo que esquecemos dos refigerantes, cervejas e guloseimas. Nem regras obscuras conseguimos invocar.

"Vou barquinho branco.... braquinho branco, voa depressa..."


Mas, tretas à parte, que fique claro, é um jogo e não rola nada pessoal.

É bem legal Lifeboats. Você tem que saber negociar, e ao mesmo tempo, criar uma estratégia para chegar ao final e para quem ninguém lhe marque e começe a picar bala nos barcos que você está. Também é necessário ter uma visão futura das coisas, pra saber quando e que horas movimentar seus marinheiros, ou até mesmo, sacrificar algum. Rola a diplomacia e a liderança. Vence aquele que tiver mais lábia, ou souber administrar bem à quem se junta e a que horas vira o Judas, pois, uma hora ou outra, as alianças acabam.

Eu gostei, e recomendo. Assim como todo pessoal do Clã.

Forte abraço!

PONTUAÇÃO DA NOITADA:
Jorge, el Chiquito - 4
Kinho, el Primoroso - 12
Bruno, el Liso - 6
Maurício, el Avaro - 8
Teta, el Frigido - 26
Mainha, el Gringo - ****
Carlinhos, el Reganon - 24 (hmmmmm)

RANKING
El Primoroso - 205 pontos
El Chiquitito - 150 pontos
El Gringo - 146 pontos (manteve a pontuação anterior)
El Liso - 130 pontos
El Avaro - 110 pontos
El Frígido - 105 pontos
El Reganon - 90 pontos

Jorge, el Chiquitito, que sabe nadar muito bem, mas se assustou com a cara do Maurício na foto da carteirinha do clube.

3 comentários:

Maurício disse...

El Chiquitito você já viu algum cabra bonito? Quanto maior a feiura, maior o impacto e o medo imposto. Entretanto, El Avaro... é lindo(um cavalheiro das donzelas)e assusta seus inimigos
com as habilidades aprendidas no velho oeste.
Depois da epidemia revigorou-se e está melhor do que antes.

El Sign. El Avaro.

Boa postagem!!!

Jorge Cardoso disse...

VVVIIIINNNNNGGAAAAANNNÇÇÇÇAAAAA

Na dúvida, pega o Abade disse...

El Primoroso disse:

"VVVIIIINNNNNGGAAAAANNNÇÇÇÇAAAAA" 2